Ilha Mauritius

 

 

 

Mais do que 160Km com belíssimas praias, a Ilha Mauritius reúne cultura, história, boa mesa e alguns dos melhores resorts tropicais do mundo. Todos com acomodações primorosas, construídas sobre águas de um magnífico tom azul-turquesa. Não bastasse, ainda revela cenários perfeitos para esportes aquáticos e para casais experimentarem momentos dignos de se guardar pelo resto da vida.

 

Chamado muitas vezes apenas de Mautitius, este destino é um pequeno arquipélago imerso no Oceano Índico, composto por uma ilha central e outras três menores. Juntas, elas ocupam 1.865 km² de área e formam 160 km de costa, com praias de água azul-turquesa e areias brancas protegidas naturalmente por uma barreira de corais e envoltas por montanhas vulcânicas e lagoas.

 

Limitada a oeste pelo Madagascar e ao norte pela Ilha Seychelles, Mauritius tem cidades que proporcionam contato intenso com a rica cultura mauriciana, a exemplo de Curepipi, Rose Hill, Quatre Bornes e Vacoas. Fundada em 1736, a capital Port Louis exibe antigas construções coloniais inglesas e francesas, como a Praça das Armas, o Teatro Municipal, as catedrais Católica e Protestante e o Museu da História Natural. No movimentado Mercado Central, lugar para praticar a arte de pechinchar, é possível encontrar produtos de gastronomia e das tradições de povos chineses, indianos e africanos.

 

Em Port Louis, também estão os melhores restaurantes para provar as saborosas receitas típicas, como o arroz frito.

 

Outro endereço para experimentar pratos locais é o The Chateau de Labourdonnais, situado no vilarejo de Mapou, ao norte do país. Além de restaurante, o prédio abriga um museu, jardins, bar e uma destilaria de rum, a bebida mais comum na ilha.

Na porção norte, também estão as praias mais frequentadas, Grand Bay, La Cuvette e Pereybere são points badalados, com opções de compras, restaurantes, bares e casas noturnas. Elas ficam próximas a outra atração  bastante visitada, a L’Aventure du Sucre, uma antiga fábrica de açúcar transformada em um museu que conta a história e a participação do produto na cultura e na economia de Mauritius.

 

A leste, a lle aux Cerfs é um paraíso para a prática de esportes aquáticos e o ponto de partida para passeios de catamarã, iate e “barco-pirata”, com destino à vila Troud’Eau Douce. Ao sul, a Blue Bay, como o próprio nome diz, é a que tem as águas mais azuis do destino. Ao contrário das praias agitadas do norte, é tranquila e facilmente acessada de Port Louis. Parte da Blue Bay é considerada reserva marinha, o que faz dela um ponto ideal para conhecer as espécies animais que habitam os mares de Mauritius.

 

Safári em quatro rodas

O Yemen Natural Park, localizado no lado oeste da ilha, concentra a maior biodiversidade de fauna e flora do país. Em sua paisagem, é possível encontrar animais selvagens como zebras, avestruzes, macacos e veados, avistados de perto a partir de safáris 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.